Veja Como Você Pode Diagnosticar a Doença de Alzheimer Usando Manteiga de Amendoim

Por mais estranho que pareça, um pouco de pasta de amendoim e uma régua podem ser suficientes para diagnosticar a doença de Alzheimer em estágio inicial.

Em muitos níveis diferentes, o Alzheimer a cada ano que passa se torna mais comum na vida das pessoas. Estudos dizem que a cada minuto que passa, uma pessoa desenvolve essa doença debilitante, que não possui cura.

A doença piora ao longo do tempo e, eventualmente, envolve o paciente. No entanto, devido às dificuldades resultantes dos cuidados necessários, os amigos e familiares próximos ficam sobrecarregados.

Os sintomas estão bem documentados. Como todas as outras formas de demência, a doença de Alzheimer faz com que uma pessoa se desoriente, se comporte de forma irregular, tenha uma perda significativa de memória e viva em um estado de confusão.

Outros sintomas associados à doença de Alzheimer são a mobilidade e a fala.

Alguns avanços foram feitos na batalha contra a doença de Alzheimer, porém os maiores avanços parecem ter vindo do diagnóstico precoce. Quanto mais rápido o diagnóstico e a intervenção, maior é a qualidade de vida. Estudos realizados concluíram que se a doença for detectada cedo, o portador de Alzheimer poderá viver mais tempo.

Um conjunto de pesquisadores na Flórida recentemente teve um grande avanço na descoberta da doença de Alzheimer.

Usando nada mais do que uma régua e uma colher simples de manteiga de amendoim, os médicos do Instituto de Pesquisa Científica do Cérebro McKnight na, Flórida, descobriram uma maneira de detectar rapidamente a doença de Alzheimer.

As pessoas que foram analisadas no estudo deveriam cheirar a manteiga de amedoim com apenas uma das suas narinas de cada vez. Por causa do odor forte e distinto da manteiga de amendoim, elas usaram uma régua para medir a distância que seu cheiro foi detectado.

A evidência sugere que as pessoas com Alzheimer possuem mais dificuldades em sentir o cheiro com a narina esquerda, do que com a direita. Mas o que o cheiro tem a ver com a doença de Alzheimer?

A pessoa que possui Alzheimer muitas vezes perde o olfato antes de surgir os problemas associados à memória.

Agora, com um método simples e barato para descobrir de forma precoce a doença os profissionais de saúde podem diminuir os efeitos do Alzheimer e ajudar as famílias a ter mais tempo de qualidade.

Gostou deste vídeo? Se você gostou do vídeo, curta, se inscreva no canal e compartilhe com seus amigos.

INSCREVA-SE NO CANAL ► https://goo.gl/JWAeet
Facebook ► https://goo.gl/QJwd9p

*O acompanhamento de um profissional da área de saúde é fundamental para uma boa saúde. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste vídeo têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto de diagnóstico ou diagnóstico médico sem antes consultar um profissional de saúde – médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.

Ed Santos

Cristão apaixonado pela família. Gosta de atividades físicas e alimentação saudável. Nas horas vagas pesquisa e publica artigos e ajuda pessoas com práticas saudáveis!

Você pode gostar...

Ebook Grátis Revela o Poder da Alimentação Queima Gordura!

Descubra como é possível utilizar o poder de alimentos para derreter gordura de forma saudável, fácil e rápida!

  • Emagreça comendo! Garantido!
  • Acelere a queima de gordura!
  • Receitas deliciosas!

Inscreva-se e Baixe o Ebook JÁ!
Somos contra spam! Respeitamos sua Privacidade!